Comunhão e missão

A Igreja Adventista do Sétimo Dia está enfatizando e falando muito sobre Reavivamento e Reforma, Comunhão e Missão.

Reavivamento tem a ver com a renovação da vida espiritual e Reforma com a mudança nos hábitos e práticas. Comunhão tem a ver com a busca de Deus na primeira hora do dia e Missão com a pregação do Evangelho.

 

Isso significa que precisamos orar como nunca antes, mas precisamos pregar também. No livro Caminho a Cristo (p. 101), Ellen White observa: “Nossa vida deve ser tal como foi a de Cristo – dividir-se entre o monte da oração, e o convívio das multidões. Aquele que não faz senão orar, ou em breve deixará de o fazer, ou suas orações se tornarão formais e rotineiras. Quando os homens se retiram da convivência de seus semelhantes, da esfera dos deveres cristãos, deixando de levar sua cruz, quando deixam de trabalhar zelosamente pelo Mestre, que com tanto zelo por eles trabalhou, privam-se do objetivo essencial da oração, deixando de ser estimulados às devoções, suas preces se tornam pessoais e egoístas.”

 

Ela também escreveu: “Ao passo que nos cumpre orar pedindo as bênçãos de Deus, temos de reforçar nossas súplicas com trabalho mui diligente, cabal e zeloso.”  Evangelismo, pág. 652.

 

Por isso, a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem enfatizado a comunhão com Deus e a devoção pessoal na primeira hora do dia (Mateus 6:33). Ela é a base e o combustível que nos leva a orar intercessoramente e a pregar através de um Pequeno Grupo, Dupla Missionária, Recepção, Classe Bíblica ou Evangelismo.

 

A Devoção Pessoal também é a base para a fidelidade nos dízimos e ofertas. Paulo elogiou as igrejas da Macedônia porque antes de doarem voluntariamente deram-se primeiramente ao Senhor. Pois dou testemunho de que eles deram tudo quanto podiam, e até além do que podiam. Por iniciativa própria eles nos suplicaram insistentemente o privilégio de participar da assistência aos santos. E não somente fizeram o que esperávamos, mas entregaram-se primeiramente a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus.” 2 Coríntios 8:3-5 (NVI)

 

Quando nos doamos primeiro ao Senhor entendemos que não seria muito dar um pouco do que Ele tem nos dado. O texto de II Crônicas 29:14 nos lembra: “Quem sou eu, e quem é o meu povo para que pudéssemos contribuir tão generosamente…? Tudo vem de ti, e nós apenas te demos o que vem das tuas mãos”. (NVI)

 

Por isso, antes de pensar em pregar o evangelho, ou em devolver os dízimos e ofertas ao Senhor, ou em mudar hábitos de vida, lembre-se de buscar primeiro ao Senhor Jesus a cada dia. “As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade.” Lamentações 3:22 e23

 

“A oração da fé é a maior força do cristão, e certamente prevalecerá contra Satanás. Eis por que ele insinua que não necessitamos orar. O nome de Jesus, nosso Advogado, ele detesta; e quando nos chegamos fervorosamente a Ele em busca de auxílio, os exércitos de Satanás ficam alarmados. Serve bem aos seus fins o negligenciarmos a prática da oração, pois então seus prodígios de mentira são recebidos mais facilmente.”  (Evangelismo, p. 609)

 

Por isso, a Devoção Pessoal é a maior necessidade dos cristãos. Seja sua oração diária:

 

“‘Toma-me, Senhor, para ser Teu inteiramente. Aos Teus pés deponho todos os meus projetos. Usa-me hoje em Teu serviço. Permanece comigo, e permite que toda a minha obra se faça em Ti’. Esta é uma questão diária. Cada manhã consagrai-vos a Deus para esse dia. Submetei-Lhe todos os vossos planos, para que se executem ou deixem de se executar, conforme o indique a Sua providência. Assim, dia a dia, podereis entregar às mãos de Deus a vossa vida, e assim ela se moldará mais e mais segundo a vida de Cristo.” (Caminho a Cristo, p. 70)

 

Evandro Fávero é pastor

Comments

comments

Powered by Facebook Comments


Copyright © 2011 - Todos os Direitos Reservados | Igreja Adventista do Sétimo Dia | iDSA