Três passos para o reavivamento

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. […] Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. […] louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.” Atos 2:42,44,47

 

Deus está guiando seu povo ao Reavivamento, não tenho a menor dúvida, porque estou vendo. Deus está, a cada dia, aclarando nossa compreensão a respeito de quais são os passos que devemos dar para alcançar essa experiência sem a qual nunca concluiremos a tarefa, tampouco sobreviveremos à crise do final da história desta terra. Os passos para o reavivamento são simples, claros e definidos; e estão resumidos na experiência da igreja primitiva como diz nosso texto: 1) oração e comunhão; 2) unidade da igreja; e 3) o poder do Espírito Santo para cumprir a Missão.

1- Oração e Comunhão: “Nosso Pai celeste está mais disposto a dar Seu Espírito Santo àqueles que Lho peçam, do que pais terrenos o estão a dar boas dádivas a seus filhos. Cumpre-nos, porém, mediante confissão, humilhação, arrependimento e fervorosa oração, cumprir as condições estipuladas por Deus em Sua promessa para conceder-nos Sua bênção. Só podemos esperar um reavivamento em resposta à oração.” (Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 121) Não há reavivamento sem oração e não há reavivamento sem estudo diário da Palavra de Deus.

 

2- Unidade da Igreja: Este é o primeiro sinal de que o Espírito Santo deu início à Sua obra na igreja. Problemas antigos são resolvidos, irmãos se perdoam, pode-se ver e sentir o amor entre os membros. Não haverá poder para cumprir a missão se esse passo não se manifestar primeiro. Esses três passos são consecutivos e têm que seguir nessa ordem.

 

3- Poder: “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.” (At 1:8) Essa é a promessa e Ele é fiel em cumpri-la.

 

Nos últimos meses podemos louvar a Deus por Sua graça e misericórdia porque, no Paraguai, estamos vendo a Sua glória. Durante as semanas de Mordomia, onde o foco foi justamente este, levar a igreja a orar mais, ao jejum e à oração; estudar a Palavra de Deus, em especial a respeito do tema do Reavivamento, pudemos ver o Espírito Santo operando poderosamente em Seu povo.

 

Os milagres começaram a acontecer: irmãos que se afastaram por anos se reconciliaram, enfermos foram curados, Deus respondeu as orações em 24 horas e finalmente quase que em cada igreja houve pessoas que se achegaram aos pastores pedindo o batismo. Não foram semanas de colheita, não se falou em batismos, não houve apelos, mas as pessoas vieram “por si mesmas”, sem dúvida, trazidas pelo Espírito Santo.

Deus nos mostrou uma vez mais que este é o caminho. Oração, unidade, poder. Que Deus o abençoe. Que em sua vida você possa ver a glória de Deus.

Daniel Benítez, pastor no Paraguai

Comments

comments

Powered by Facebook Comments


Copyright © 2011 - Todos os Direitos Reservados | Igreja Adventista do Sétimo Dia | iDSA